Notebook para edição de vídeo em 2022!

Quer um notebook para edição de vídeo? Trabalhei com motion design por um tempo, e vou te ajudar a escolher o melhor notebook para edição de vídeo!

Procurando um notebook para edição de vídeos? Essa tarefa pode ser difícil se você não entende muito de tecnologia. Mas fique tranquilo: Trabalhei com edição de vídeos e motion design por um tempo, tenho experiência na área e posso te ajudar. Vem comigo descobrir como escolher o melhor notebook para edição de vídeo em 2022!

Qual tipo de video você vai editar?

Para escolher o melhor notebook para edição de vídeo, a primeira coisa é definir qual tipo de videos você vai editar. Antes mesmo de partir para a busca nas lojas, defina bem qual é a sua necessidade.

São vídeos da família, carrossel de fotos, ou edições simples? A boa notícia é que não precisa investir tanto para atingir seu objetivo. São videos para redes sociais? clipes musicais? esse tipo de vídeo já demanda mais cuidado na escolha da configuração.

notebook reembalado

Ah, você pretende editar curtas metragens, comerciais, motion design, animações, vídeos repletos de efeitos especiais? para estes materiais mais elaborados, é melhor investir num notebook mais parrudo, como os notebooks gamers… ou desistir do notebook e partir para um desktop (que permite uma configuração infinita e upgrades posteriores).


Leia também


Processador para edição de vídeo

Não economize nesse item: a potência do computador está diretamente ligada à capacidade do seu processador. Uma dica simples para você escolher o processador certo: quanto mais alto o clock do processador melhor. Minha sugestão é que você desconsidere todos os modelos com menos de 2.8GHz. O preço é alto, mas vai valer a pena depois.

componentes notebook Acer

Memória RAM para edição de vídeo

A memória RAM é outro fator importantíssimo para o quesito desempenho. Quanto maior, menos riscos de travamentos e dores de cabeça. Procure modelos com, no mínimo, 12 GB. Mas recomendamos os de pelo menos 16GB. Evite a SDRAM, é a tecnologia mais lenta. Outra dica: certifique-se de que o seu novo notebook permite fazer upgrade de memória RAM. Alguns não permitem isso. Os softwares de edição de vídeo costumam exigir mais memória a cada nova versão, e se o seu notebook não estiver preparado, no curto/médio prazo você já terá que fazer um upgrade.

Placa de vídeo para edição de vídeo

O processamento de imagens é uma tarefa pesada. Por isso, seu notebook deverá ter uma placa de vídeo dedicada. A placa de vídeo possui um processador muito potente para renderizar as imagens, deixando o processador do notebook livre para executar o programa editor (que também é pesado). Observe que alguns softwares de edição de vídeo exigem certos modelos específicos de placa de vídeo; consulte essa informação no site do software para não ter uma decepção na hora de instalar o programa. Sobre as placas de vídeo, vale a mesma observação dos processadores, ou seja, quanto maior o clock do processador, melhor.

Portas de conexão

A maioria dos notebooks possuem uma boa quantidade de portas, ou plugues. É bacana também atentar-se ao tipo: quanto mais, e mais variadas é melhor. Você vai precisar de pelo menos uma HDMI. Muitas USBs vão garantir a conectividade com outros dispositivos, como HDs externos. Portas LAN,display-port (DP), e VGA podem ser úteis.

conexões notebook Fujitsu

Áudio para edição de vídeo

O áudio é importante, pois dificilmente se produz um vídeo perfeito sem narração ou trilha. Vale notar que os alto-falantes de alguns modelos são bem melhores que outros. Há bons modelos com sistemas Dolby, que emulam vários canais de áudio. Mas se o áudio não for muito bom no notebook que você está pretendendo comprar, fique tranquilo. Você pode adquirir caixas de som externas de alta qualidade depois.

Discos e Armazenamento

Acredite, você vai usar MUITO espaço em disco. Bastante mesmo. Mas não se desespere, você pode ter espaço infinito para seus arquivos usando HDs externos. Ainda mais considerando que a resolução de vídeo vive em constante expansão – quanto mais resolução, mais espaço é necessário. Estamos no fim da era do FullHD, entrando no 4K e com telas de 8 e 16K já apontando no horizonte.

Uma coisa importante: Preste atenção que muitos modelos de notebook agora vem com um HD SSD de 256GB. A unidade de estado sólido (SSD) é um novo modelo de HD, muito mais rápido que o HD tradicional (HDD). Mas só 256GB não são suficientes para muita coisa; então o que as pessoas estão fazendo? Usando o melhor dos dois mundos. Elas instalam seus sistemas e sofwtares no SSD, e salvam seus arquivos em HDD.

Boa tela é fundamental

Quando se trabalha com artes visuais, a escolha da tela exige uma atenção à parte. Atualmente temos três tipos de painéis de LCD:

  • Os painéis TN (twisted nematic) são comuns e têm baixo custo, mas é uma opção ruim para edição de vídeo;
  • Os painéis IPS (in-plane switching) tem qualidade superior aos TN, e são o mínimo de qualidade que você deve ter;
  • Os IGZO (Indium-Gallium-Zinc Oxide) são raros e caros, mas são a opção perfeita;

Procure telas com resolução mínima FullHD (1920×1080), também chamada de alta definição, FHD ou 1080p. Mas se puder, já invista num modelo 4K, tambem conhecido como UDF ou Ultra Definição (resolução 3840×2160). O 4K está muito perto de ser o próximo padrão de mercado.

O fator software pode mudar tudo

Aqui entra uma regra que pode jogar fora tudo o que foi dito acima. É o seguinte: Cada software possui uma configuração mínima para executar. Os de edição de vídeo e imagem possuem essa ‘qualidade’. O programa de edição nem vai instalar no seu notebook, se detectar que ele não tem os requisitos necessários.

Por isso, pergunto: Com qual software de edição de vídeo você vai trabalhar?

edição de imagem

Vejamos os dois mais conhecidos do mercado, o Adobe Premiere e o Sony Vegas. Cada um deles tem diferentes necessidades de processador, memória e placas de vídeo – todas necessidades muito altas, diga-se de passagem. Confira na tabela a seguir a configuração recomendada para cada um deles:

ItemAdobe Premiere ProSony Vegas Pro
VersãoVersão de abril de 2019 (13.1)VEGAS Pro 16 Edit
ProcessadorCPU Intel® da 6ª Geração ou mais recente – ou AMD equivalenteProcessador de 4 núcleos e 2.5GHz (8 núcleos e 3 GHz recomendado para 4K)
Memória RAM16GB para trabalhar com resolução HD ou 32GB para resolução 4k ou superiores16 GB (32GB para 4K)
Placa de Vídeo4 GB de GPU VRAMGeForce ou Radeon com 4GB ou superior

Viu só? E se você for fazer motion design, pós-produção ou adicionar efeitos especiais, tem que conferir também se o seu notebook vai atender as especificações de outros softwares, como o Adobe After Effects.

Considerando também que o notebook é um investimento alto, que não se faz todo ano, eu te sugiro comprar um notebook com configuração ainda melhor que estas. Todo ano saem novas versões dos softwares, com novas funções, exigindo mais processamento e memória. Por isso, se você comprar um notebook com a configuração certinha da versão atual do seu software de edição, corre o risco de você não conseguir instalar o próximo, ou ter que fazer um upgrade para isso. Além disso, com a resolução 4K chegando, realidade virtual e outras tecnologias à nossa porta, quanto mais capacidade melhor.

Ah, nos perguntaram porque consideramos a configuração recomendada (mais alta) e não a mínima (mais modesta). É que com a configuração mínima o software instala. Mas ele não vai trabalhar a contento, te causando um estresse danado por ficar travando e engasgando com seu trabalho o tempo todo. Quanto melhor a configuração, menos estresse.

Notebook Gamer como alternativa

Você vai ver que os notebooks gamers possuem configurações que atendem ao perfil necessário para rodar os principais editores de vídeo. Vale a pena dar uma olhada nesses modelos, que além do trabalho, também vão servir para uma boa rodada de jogos. Uma opção são os notebooks da Avell, que já mostramos aqui no site.

Notebook Avell é bom


Por que eu não comprei um notebook para edição de vídeo

No meu caso, acabei optando por um computador de mesa mesmo. O desktop é desajeitado e ocupa mais espaço, mas fica bem mais barato montar um PC para edição do que ter um notebook para isso. Como eu estava começando e não tinha muitos clientes, não fazia sentido investir muita grana de cara num notebook top de linha.

A mobilidade não era um requisito importante pra mim, os vídeos eram vistos pelos clientes na internet. Também era um pouco barulhento. Mas talvez seja importante pra você, nesse caso o notebook é mais viável.

O PC de mesa esquenta menos (refrigera melhor os componentes) e é mais tranquilo para fazer upgrade. Ele tem espaço interno para múltiplas placas, e os componentes são mais baratos. Os notebooks, por outro lado, nem sempre permitem o upgrade (processador e memória são fixados na placa mãe) e os componentes por serem menores e mais elaborados, são mais caros.

Enfim, fazendo as contas, para o meu orçamento o computador de mesa para edição de vídeo foi a melhor opção. Talvez seja a melhor opção para você também.

Resumindo

Para escolher seu notebook para edição de vídeo, é necessário prestar atenção em aspectos como processador, memória, placa de vídeo, tela, e outros itens. Como editar vídeo exige bastante processamento, normalmente o notebook para edição de vídeo custa mais que um laptop comum. Se dinheiro não for problema, observe os modelos de notebooks gamers, pois eles apresentam opções de configurações bem parrudas. Se o orçamento estiver apertado, a dica é partir para um desktop, pois além de ficar mais barato para montar a maquina ideal, ainda permite fazer upgrades posteriormente.

Tópicos relacionados

  • notebook para edição de video 2022
  • melhor notebook para edição de video 2022
  • notebook para edição de fotos
  • pc para edição de video
  • notebook para videomaker
  • notebook para motion design

Você vai gostar